Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Sections
Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Notícias 2013 Universidade para Todos oferece mais de 23 mil vagas em 183 municípios

Universidade para Todos oferece mais de 23 mil vagas em 183 municípios

   As inscrições para 23.625 vagas no cursinho pré-vestibular gratuito oferecido pelo programa Universidade para Todos, da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, já podem ser feitas pelo Portal da Educação. Os interessados têm até o dia 10 de maio próximo, mês em que também serão divulgados os nomes dos contemplados, locais para matrícula e data de início das aulas.

   As vagas oferecidas estão distribuídas em 186 municípios baianos e, em Salvador, as aulas acontecem em 31 locais (escolas, ONGs e associações). O projeto oferece material didático, fardamento e isenção da taxa de inscrição em processo seletivo das universidades estaduais aos alunos que apresentarem frequência igual ou superior a 75% das aulas ministradas.

   O curso é presencial, com carga horária de 25 horas semanais e aulas de português, redação, matemática, física, química, biologia, literatura, língua estrangeira (inglês ou espanhol), história e geografia. Além das aulas regulares serão realizados projetos complementares como seminários, oficinas, simulados e orientação vocacional.

   O edital com todas as informações, inclusive sobre documentação necessária para matrícula, está disponível no Portal da Educação. A Secretaria da Educação também esclarece dúvidas referentes à inscrição pelo telefone0800 285 8000, de segunda a sexta-feira, das 8 às 18h, ou pelo e-mail upt@educacao.ba.gov.br.

   Acesso e permanência

   De acordo com dados da Secretaria da Educação, somente nos últimos seis anos, o programa Universidade para Todos já contribuiu para o ingresso de cerca de oito mil estudantes da rede pública em cursos da educação superior das universidades estaduais do Estado da Bahia (Uneb), de Santa Cruz (Uesc), de Feira de Santana (Uefs), do Sudoeste Baiano (Uesb) e Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB).

   A coordenadora do projeto Patrícia Machado, ressalta que, “além do acesso, a permanência do estudante na universidade é foco do programa”. Segundo ela, “os professores-monitores do cursinho são estudantes dos cursos de licenciatura das universidades públicas estaduais da Bahia, da Ufba e da UFRB, a partir do 5º semestre. Eles são selecionados e capacitados para ministrar aulas, aliando teoria e prática”.

   Estudantes que podem participar

   Quem estiver regularmente matriculado no 3º ano do ensino médio regular seriado ou no 4º ano da Educação Profissional integrada ao ensino médio da rede pública estadual ou municipal da Bahia;

   Tenha cursado, em escola pública municipal ou estadual da Bahia, o ensino fundamental (5ª a 8ª séries, atual 6º ao 9º ano ou modalidades correspondentes, e 1ª e 2ª séries do ensino médio regular ou modalidades correspondentes);

   Egressos da rede pública estadual ou municipal da Bahia, que tenha cursado, em escola pública municipal ou estadual da Bahia, o ensino fundamental e médio, regular seriado ou modalidades correspondentes.

Fonte:

Secom/Governo da Bahia

30/4/13