Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Sections
Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Notícias 2013 Desempenho da Uefs no Ranking Folha é creditado ao trabalho da comunidade

Desempenho da Uefs no Ranking Folha é creditado ao trabalho da comunidade

   O reitor da Universidade Estadual de Feira de Santana, José Carlos Barreto, creditou o posicionamento conquistado pela Uefs no Ranking Universitário Folha, do Jornal Folha de São Paulo, ao empenho e dedicação da comunidade universitária, ou seja, de servidores técnicos administrativos, professores e estudantes. Esses atores, conforme o reitor, desempenham papel fundamental no desenvolvimento de atividades que influem diretamente na qualidade do ensino, pesquisa e extensão da Universidade.

   A Uefs está na 49ª posição no Ranking Universitário Folha, que relaciona as melhores universidades do país. Dentre as instituições de ensino superior da Bahia, somente a Uefs e a Ufba estão entre as 50 melhores. Sobre a Uefs, o ranking aponta os seguintes indicadores: Ensino (32 pontos – 61º lugar no ranking isolado), Pesquisa (40 pontos – 40º lugar), Mercado de Trabalho (18 pontos – 81º lugar), Internacionalização (6 pontos – 49º lugar). A pontuação total da Uefs foi 61,68.

   Segundo a pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação da Uefs, professora Marluce Assis, atualmente dos 984 professores do quadro institucional, incluindo temporários e visitantes, 415 possuem a titulação de doutorado. O número de projetos de pesquisa cadastrados está em 599 e o volume de financiamento externo captado pela Uefs gira em torno dos 48 milhões. Especificamente no item pesquisa, a colocação da universidade é ainda mais promissora, ficando em 40º lugar.

   A construção de possibilidades para o desenvolvimento regional com aplicações diretas na realidade do semiárido tem pautado o leque de projetos desenvolvidos pelos pesquisadores da Uefs. Marluce Assis ressalta ainda o papel dos programas de pós-graduação na formação de profissionais que vão atuar na linha de frente para o combate às desigualdades sociais. A instituição conta hoje com 28 cursos de pós-graduação, sendo 6 doutorados (3 próprios e 3 interinstitucionais) e 22 mestrados (18 próprios e 4 interinstitucionais).

   Outro papel importante destacado pela pró-reitora no âmbito da pesquisa é o incentivo ao programa de iniciação científica direcionado aos alunos de graduação, atualmente estão sendo oferecidas 467 bolsas, sendo 161 institucionais. De acordo com Marluce Assis, um novo edital para pesquisa será lançado em 2013 contemplando pesquisadores iniciantes e professores com titulação de mestrado. E ainda neste ano, a Uefs deve ganhar mais três novos cursos de pós-graduação (2 doutorados e 1 mestrado).

Ascom/Uefs

12/9/13