Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Sections
Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Notícias 2013 1ª Jornada do Semiárido Baiano discute propostas para convivência com a seca

1ª Jornada do Semiárido Baiano discute propostas para convivência com a seca

   Centenas de pessoas de diversos estados participam até esta quarta-feira (29) da 1ª Jornada do Semiárido Baiano, no campus da Universidade Estadual de Feira de Santana. As atividades, iniciadas nesta segunda e desenvolvidas no Auditório Central da Uefs abordam as consequências do que já é considerada a maior estiagem dos últimos 40 anos, com mais de 9,5 milhões de pessoas atingidas nos 1.135 municípios localizados no semiárido nordestino.

Nesta quarta-feira, serão discutidas e elaboradas propostas de reivindicações com a participação de representantes de organizações sociais, da sociedade e de governos. O coordenador de Extensão da Uefs, Washington Moura, destaca que dentre os objetivos do evento está a conclamação para governos e a sociedade pensarem na região semiárida não apenas em tempos de seca. “É importante desconstruirmos os preconceitos e imagens deturpadas, reconhecendo melhor e valorizando os povos e culturas do semiárido e suas potencialidades”, salientou.

A programação desta quarta-feira prevê, das 8h30 às 12h30, painel de debates sobre o tema “Por políticas públicas estruturantes de convivências sustentáveis no Semiárido Baiano”, com exposições de representantes da Embrapa e da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos. À tarde, a partir das 14h, haverá debates e sistematização do documento contendo proposições de políticas públicas.

As atividades contam com a participação de membros do Movimento Sindical dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Agricultura Familiar, por meio da Fetraf/BA e Fetraf/Nacional, do Centro de Apoio aos Trabalhadores Rurais da Região de Feira de Santana, da Central Única dos Trabalhadores do Estado da Bahia CUT/BA e da Uefs.

FSA, 28/5/13