Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Sections
Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Arquivo de notícias 2007 Museóloga Selma Oliveira assume a direção do Cuca

Museóloga Selma Oliveira assume a direção do Cuca

   O Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca) da Universidade Estadual de Feira de Santana tem nova direção. Trata-se da museóloga Selma Soares de Oliveira, empossada na quarta-feira (16), em solenidade realizada no anfiteatro da Uefs, juntamente com os demais membros da administração central. Ainda nesse dia, Selma manteve reunião com funcionários do Cuca para um momento de reflexão, oportunidade em que foi realizado culto ecumênico.

   O primeiro dia de trabalho da nova diretora incluiu atividades administrativas e almoço de confraternização. À tarde, foram apresentadas as propostas da nova direção do Cuca. A programação prossegue nesta quinta-feira (17), com reunião individual com os funcionários do Cuca e levantamento das propostas de trabalho. Na sexta-feira (18), além da reunião com os funcionários, haverá também reunião com os estagiários.

   Professora Assistente do Departamento de Letras e Artes da Uefs, onde até então leciona a disciplina História da Arte, Selma Oliveira tem planos e metas a serem desenvolvidos a curto e médio prazos, conforme salienta. Entre as ações mais urgentes estão a implantação da política cultural do Cuca em consonância com o projeto político da nova gestão da Universidade, implantação da agenda cultural, convocação do comitê cultural, além de reunião com artistas das mais variadas tendências: teatro, música, dança e artes plásticas.

Motivação

   Selma Oliveira contou que a motivação para aceitar a direção do Cuca é fruto do apoio da equipe de trabalho. Estimulada por essa confiança e com o envolvimento dos servidores, ela acredita na realização de trabalho que atende o desenvolvimento cultural de Feira de Santana e da região. 

   Mestre em Teoria e História da Arte pela Universidade Federal da Bahia, Selma Oliveira. participou, entre 1994 e 1997, do Inventário Nacional de Bens Móveis e Integrados, realizado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Em 1996, desenvolveu o projeto de pesquisa e documentação da coleção de arte sacra do Museu Arquidiocesano Dom Joaquim, Brusque, em Santa Catarina. Ainda em 1996, elaborou o projeto de implantação do Museu do Sertão, em Monte Santo, Bahia. Coordenou o projeto de criação do Museu de Arte Sacra de Feira de Santana, da UEFS. Atualmente é professora do Programa de Pós- Graduação em Desenho da Uefs. 

Assessoria/Cuca

Feira de Santana, 17 de maio de 2007.