Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Sections
Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Arquivo de notícias 2007 GesPública pode melhorar os serviços das Universidades

GesPública pode melhorar os serviços das Universidades

   A Universidade Estadual de Feira de Santana, em médio prazo, deverá dispor de programa para a melhoria da gestão de processos, desburocratização, valorização do servidor e prestação transparente e democrática do serviço ao cidadão. Discussões neste sentido nortearam o 1º Fórum de Gestão Pública nas Universidades Estaduais Baianas, realizado segunda-feira (10), na Uefs, com a participação de representantes de instituições de ensino superior de diversos estados brasileiros.

   Os participantes puderam, dentre outras, assistir à palestra proferida por Augusto Mendes Riccio, coordenador na Bahia do Núcleo Executivo do Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização (GesPública). Trata-se de política formulada a partir da premissa de que a gestão de órgãos e entidades públicos pode e deve ser excelente, comparada com padrões internacionais de qualidade em gestão, mas sem deixar de ser pública.

   A qualidade da gestão pública, conforme prevê o GesPública, deve ser orientada para o cidadão e desenvolver-se dentro do espaço constitucional demarcado pelos princípios da impessoalidade, da legalidade, da moralidade, da publicidade e da eficiência. Os conceitos do programa já são absorvidos e praticados por órgãos públicos de diversas esferas de governo.

   Troca de experiências

   Promovido pela Assessoria de Planejamento da Uefs com apoio da Universidade do Sudoeste da Bahia e da Secretaria da Educação do Estado, o Fórum possibilitou a troca de experiências de iniciativas voltadas à melhoria da gestão pública. Foi o primeiro passo para a adoção de medidas conjuntas das universidades estaduais da Bahia (Uefs, Uesb, Uneb e Uesc) para melhoria contínua da gestão.

   Nos próximos 30 dias, representantes das universidades participam de reunião com Alexandre Junqueira, presidente da Companhia de Processamento de Dados do Estado (Prodeb), para planejamento de novas soluções tecnológicas de gestão. Dentre os avanços citados pela assessora-chefe de Desenvolvimento Organizacional da Uefs (Asplan), Maria de Lourdes Albuquerque, estão a agilização na captação de recursos, melhor adequação de gastos públicos para aumento de produtividade, transparência na aplicação de recursos e modernização de setores, inclusive com prestação de serviços on-line.

Assessoria de Comunicação/Uefs.

Feira de Santana, 12 de dezembro de 2007.